Curiosidade

Qualé sua pergunta: por que a chuva cai em pingos?

A água da chuva se forma dentro das nuvens em gotas, vindas da evaporação da Terra

Por: Katia Calsavara

08/03/2023 18:17 atualizado há 40 segundos

Imagem Qualé sua pergunta: por que a chuva cai em pingos?
Créditos da imagem: iStock

Pergunta enviada pela aluna Olívia, do 2º ano da Peak School (Colégio Itatiaia).


POR QUE A CHUVA CAI EM PINGOS?


Mesmo nas chuvas mais fortes, como aquelas tempestades que causam até enchentes, a gente não costuma sentir uma quantidade enorme de água caindo em nossas cabeças, tipo vindo de um balde, certo? A não ser que você passe embaixo de um cano, a água cai em pingos, que podem ser maiores ou menores, dependendo da intensidade da chuva.

Isso acontece porque a água se forma no interior das nuvens também em gotas. Com o calor, a água evapora da superfície da Terra e começa a se acumular na atmosfera. Conforme esse vapor ganha altitude, ele se condensa em minúsculos núcleos, como um grão de poeira em suspensão no ar.

Essa gotinha minúscula cresce individualmente e aumenta de tamanho dentro das nuvens. Para se ter ideia, é preciso cerca de um milhão de gotículas dessas juntas para formar uma única gota de chuva. “As gotas se mantêm no céu por conta dos ventos ascendentes [que sopram para cima]. Mas, quando elas crescem, sua massa fica grande demais para ser suportada pela força dos ventos. Dependendo do tamanho, podem também se dividir em várias durante a queda em direção ao chão, por isso também a chuva não cai em jorros”, explica Douglas Galante, pesquisador e pós-doutor em Astronomia pela Universidade de São Paulo (USP).

Já o que mantém a forma arredondada das gotas é um efeito físico que acontece na camada externa do líquido, criando uma fina membrana elástica. Galante lembra ainda que, ao despencar da nuvem, a gota sofre o atrito com o ar. “Ela assume aquela forma tradicional que conhecemos, com um rabinho, que minimiza o atrito com o ar. Essa aerodinâmica das gotas é tão perfeita que a gente tenta imitá-la em aviões e carros de corrida”, finaliza ele.

Brasileira ganha Copa do Mundo de patins.

A sorocabana Ana Júlia da Silva, a Julika, é a primeira mulher a realizar a manobra 900º

Rebeca Andrade ganha sua versão Barbie.

Em ano olímpico, ginasta brasileira recebe homenagem do projeto Mulheres Inspiradoras

Descoberto buraco azul mais profundo do mundo.

Taam-Ja’, no México, tem mais de 420 metros de profundidade

Cai número de analfabetos no Brasil.

No entanto, segundos dados do IBGE, país ainda registra 11,4 milhões de pessoas que não sabem ler nem escrever

Jabuticaba está entre as melhores frutas do planeta.

Além do sabor, benefícios para a saúde são levados em consideração

Qualé a desse mundo: especial animais!.

Conheça o tatuzão brasileiro, a formiga que parece um vilão e o cachorro panda.

Rio Grande do Sul precisa de ajuda.

Correntes de solidariedade se espalham pelo Brasil; crianças e jovens também se mobilizam

Pesquisa mostra que telas podem prejudicar desenvolvimento das crianças.

A cada minuto adicional de tempo de tela, elas ouvem menos as palavras dos adultos

Entrevista com o palhaço Trambique: rir é o melhor remédio.

Marcelo Burger atuou em circos, festas e ONG em hospitais

Última Edição

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Para concordar, clique em "Entendi". Saiba mais...