Esportes

Vini Jr. brilha na final da Liga dos Campeões

Atleta brasileiro fez seis gols na campanha do título do Real Madrid e é eleito melhor jogador do campeonato

Por: Marcela Ibelli

03/06/2024 14:23 atualizado há 40 segundos

Imagem Vini Jr. brilha na final da Liga dos Campeões
Créditos da imagem: Reprodução/X Real Madrid

A atuação decisiva de Vini Jr. durante toda a Liga dos Campeões e também na final que aconteceu no sábado (1º) no Estádio de Wembley, na Inglaterra, ainda está dando o que falar nos noticiários esportivos – em 10 partidas disputadas no campeonato, ele marcou seis gols, sendo dois na semifinal contra o Bayern e um na decisão, e deu quatro assistências.

Com a camisa 7 do Real Madrid, o brasileiro fez 1 dos 2 gols contra o Borussia Dortmund. O placar terminou em 2 x 0 (o outro gol foi assinado por Carvajal), o que garantiu ao time espanhol o 15º título da equipe e o bicampeonato para Vini Jr. da competição organizada pela Uefa (União das Federações Europeias de Futebol).

O atleta, primeiro brasileiro na história a marcar em duas finais da Liga dos Campeões, foi ovacionado pela torcida, que gritava ‘Bola de Ouro’ (o vencedor sai no final do ano). Vini Jr., de 23 anos, é o favorito para ganhar a premiação de melhor do mundo, que acontece no fim do ano. O principal concorrente é o companheiro de time Jude Bellingham, que foi eleito como revelação da Liga.

Vini Jr. agora tem compromisso com a seleção brasileira. A equipe participa da Copa América, que será disputada nos Estados Unidos, entre 21 de junho e 15 de julho.

Agressores racistas de Vini Jr. são condenados.

Jogador do Real Madrid comemorou a decisão histórica

Brasileira ganha Copa do Mundo de patins.

A sorocabana Ana Júlia da Silva, a Julika, é a primeira mulher a realizar a manobra 900º

Ursos polares podem desaparecer no Canadá.

Estudo aponta que o período sem gelo deve aumentar e prejudicar a vida desses animais

Celebração da música será dia 21 de junho.

Pela primeira vez, o Make Music Day vai acontecer nas escolas da rede de São Paulo

Caribé: “Olimpíada é um sonho”.

Nadador é uma das promessas para os 50 e 100 metros livres

Nas ondas com Tati Weston-Webb.

Brasileira, que surfou pela primeira vez aos 8 anos, é inspiração

Pepê representa o Brasil na canoagem cross.

Nova modalidade de canoagem estreia nos Jogos de Paris em 2024

Rebeca Andrade vai com tudo para Paris.

Confira entrevista exclusiva com a ginasta brasileira que é um dos trunfos do Brasil na França

Por que falamos “idade da pedra” (para nos referir a coisas antigas)?.

Para responder é preciso voltar à época quando os humanos lascavam pedaços afiados de pedra a partir de blocos maiores de rocha

Última Edição

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Para concordar, clique em "Entendi". Saiba mais...